A história do Wikileaks e seu criador Julian Assange - Controversias e Debates
 

Blog

A história do Wikileaks

A história do Wikileaks

Não é de hoje que todos conhecem, todavia são poucos os que realmente sabem toda a história do Wikileaks desde sua fundação até hoje.

Fundada no ano de 2006 pelo jornalista e ativista, Julian Assange. O Wikileaks “é uma organização de mídia multinacional e uma biblioteca associada”, como eles mesmos se declaram.

O site é “especializado na análise e publicação de uma grande quantidade de conteúdos de informação.

Materiais censurados ou oficialmente restritos de qualquer forma.

Envolvendo, guerras, espionagem e corrupção.

Tendo publicando, ao todo, mais de 10 milhões de documentos”.

Além disso, o Wikileaks detém “relações contratuais e de caminhos seguros de comunicação com mais de cem organizações de grande mídia ao redor do mundo.

Fornecendo as fontes do Wikileaks força, impacto e proteção técnica que seria difícil ou impossível de ser alcançada”.

Esses documentos renderam ao Wikileaks mais de 15 prêmios, em diferentes áreas como, jornalismo, liberdade de expressão, direitos humanos, entre outros.

Uma delas sendo a Associação brasileira de imprensa.

WIKILEAKS E SUAS CONTROVERSIAS

O material disponibilizado é 100% autêntico.

Neles são mostrados práticas como espionagem governamental, crimes de guerra, desvios e uso indevido de dinheiro público.

Mesmo assim, o governo estadunidense acusa o Wikileaks, mais precisamente o Assange, de crimes contra a soberania nacional e de roubo de documentos de acesso restrito, conspiração e espionagem.

Esses documentos são referentes a invasão do Afeganistão, Eleições dos EUA em 2016, guerra do Iraque, telegramas diplomáticos, espionagem de comunicação de nações aliadas, entre outras.

De fato, os documentos divulgados são frutos de roubo.

Porém, a fonte é quem cometeu o crime.

O jornalista que, muitas vezes, não tem contato pessoal com a fonte não comete nenhuma ilegalidade.

Apenas a função de checar a veracidade e importância do documento obtido.

Debate entorno Wikileaks

Após a publicação  destes documentos. Muito se falou a respeito da maneira que eles foram obtidos, outros minimizam esse fato pela importância.

De fato, ter conhecimento das práticas governamentais que ficam em segredo de estado é demasiado importante. Redefinindo ainda mais os limites entre segurança e espionagem.

Matheus Mello

Estudante de jornalismo, entusiasta e amante de coisas simples.

Envie seu Comentário