Microsoft testa data center debaixo d'água.
 

Blog

Microsoft testa data center debaixo d’água.

Microsoft testa data center debaixo d'água.

A Microsoft no auge de sua criatividade desenvolveu um projeto, “Natick”, com o objetivo de “determinar a viabilidade de ‘data centers’ submersos, abastecidos por energia renovável vindo da costa” . Porém, o que isso significa e, principalmente, qual a finalidade e porque é tão inovador?

O data center, ou, em bom português, centro de processamento de dados é um local, uma sala, um escritório ou até um submarino, onde se concentram os servidores das empresas, normalmente em suas sedes, responsáveis por armazenar todos os dados, tanto internos quanto externos, além de conectar esses dados a internet.  Agora, para essas informações chegarem tão rápido em todos os lugares do mundo, existem duas possibilidades, ou o centro de processamento é extremamente potente e, por consequência, ocupa um espaço físico imenso, ou é dividido pelas sedes no interior do território. 

Pensando em aumentar a velocidade de transmissão de dados pela costa, a Microsoft, criou o “projeto Natick”, um data center perto do litoral, dentro do mar,para ser mais exato, projetado com tecnologia de submarinos, capaz de operar em profundidade e pressão, maiores que o habitual, sem perder a funcionalidade e utilizando energia renovável.  

O sucesso do “projeto Natick”, ainda em fase de testes, pode abrir possibilidades incríveis tanto na agilidade de conexões, aproximando a entrega e envio de dados, quanto na durabilidade e resistência, passando anos sem alteração ou manutenção, além do uso de energia eólica renovável para funcionamento do sistema permitindo sua durabilidade. 

Rodrigo Gaspar

Desenvolvedor Web , com experiência em html 5 , php , css3 , javascript entre outros. Curte o que faz e busca sempre o conhecimento geek.

Envie seu Comentário